quinta-feira, 19 de julho de 2012

Pra minha pequena

Minha pequena,
você é a minha linda
você é o meu chuchu
meu amor urubuzinho
e se tá brava urubu


Do amor o seu sorriso
minha branquinha de cachinhos
meus dedinhos do pezinho


pequenina de tão linda
minha flor, minha menina
dorminhoca igual leão
dona do meu coração


A mordida na bochecha 
e depois um cafuné
da bitoca apaixonada
ao carinho no xulé


Minha pequena, 
você é o meu amor
sem você não sei viver
quero que se perca em mim
pra que eu nunca perca você.

Prece

Sou incompreendido
e mesmo aqui perdido
no clarão que me cega
essa vida sombria.

o profundo da alma
que um dia cheia
jorra em pudor vazia

o poder que elevava
à glória de mim,
que fracassa confuso
nesse labirinto sem fim
da mente que esconde a verdade
e se oculta na lágrima
que escorre e queima o rosto
não acho eu que.

incompreendido, perdido, indisposto
cego e confuso também,

preciso que me salve.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Comigo

Já nem lembro mais quem fui outrora
da vontade incessante de fugir,
deixar, ir embora


Hoje levo mais leve a vida
que pesada um dia drenou
a força de um homem que chora


E então eu posso ficar
pra vida, voar e viver
ficar pro amor verdadeiro
sem medo de me entregar
vencer o acaso, sorrindo


Derradeiro o sorriso que brota
da flor do teu sentimento
é o calor que me perde, me acha
o amor sempre a nascer
Vem logo, estamos partindo


o amor, pequena, é lindo.

quinta-feira, 29 de março de 2012

I do not have a kind

O que me lembra você


Sinto o cheiro do vento
o gosto do frio
na falta que você me faz
quando os meus olhos tocaram os seus

Abraço o mundo distraído
os nervos que andam sorrindo
eu no profundo do teu infinito
quando os seus olhos tocaram os meus

A lua nasce no teu olhar
onde o acaso nos uniu
na noite que não vai acabar

Escondidos e você meio sorriu
eis que me rendo ao teu luar
tudo meu agora, pequena, te amar

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Com Cá

Trilhe um caminho meu
trilhe um caminho comigo
onde haja paz
onde não haja perigo

seja sempre minha
e que eu desfrute teu sorriso
faz meu abraço um lar
faz do meu peito abrigo

sossego tens no olhar
ainda que esteja aflito
te ver, te ter, te tocar

tal companhia de amigo
e amor de quem tem amor
eterno e sincero e teu

Com Cá, pra sempre, contigo.